29.12.09

Ok, demorei outra vez.
São os acontecimentos e mais acontecimentos...Mas, ando por aí observando e ando por aí vivendo e vivendo, eu aconteço por aí!

Tenho observado o ser humano com mais atenção e com mais curiosidade. Afinal é mesmo curioso como é o "bicho-gente"... Se fere, regozija-se; se ferido ataca, se fere e é esquecido, ironiza...

Talvez seja a forma comum de todos lidarem com a dor. Algumas vezes aborreço-me, outras espanto-me, mas há também alturas em que me compadeço.

O ser humano é um campo vasto e com ele aprendo dia a dia o que não quero ser! Assumo que, por vezes, não digo o penso nem qual é a minha escolha, não posso dizer (com certeza) o que quero de futuro, além de um belo luar. Mas posso afirmar, convictamente, o que NÃO quero!!!

Acima de tudo, observo tentativas de acertar, coragem de superar limites e romper promessas pessoais, aproveitando as chances de felicidade. Abrir espaço na alma, na mente e no coração é, por vezes, assustador. Especialmente se essa alma, mente e coração já estão surrados pela vida...Mas é como sempre digo: Ser infeliz é bem fácil.

Bom mesmo é ter coragem para ir além de todos os medos e buscar possibilidades. De futuro pouco se sabe. O que podemos saber com certeza, é que para ter um amanhã feliz, precisamos começar a construi-lo hoje.
Eu, por minha vez, ando em boa fase. Estou mesmo feliz! Sempre fui de agradecer tudo o que me é ofertado pelos bons ventos Divinos. Portanto ando agradecendo: Os sorrisos singelos e as gargalhadas, os olhares tímidos e as frases desbocadas, as chances e as possibilidades, as incertezas e a coragem, as tentativas e os atrativos. Agradeço as perguntas e as resposta. Agradeço estar viva e estar contigo.

Bom ano para todos
Beijos na alma

24.12.09

O nosso natal


À Mila, porque ser quem é e por nunca se esquecer da ternura, a obsessão que nos fez cruzar caminhos...
UM Santo natal para ela e para todos, nesta alfazema cheirosa.
E QUE O MENINO AÍ CHEGUE SÃO E SALVO!
Vosso
CPS

18.12.09


"Perderei a minha utilidade no dia em que abafar a voz da consciência em mim."

Mahatma Gandhi

17.12.09

EU E O PAPEL



Era bom que houvesse uma forma de podermos devolver à natureza os kg's de papel com os quais diariamente nos cruzamos.
Hoje, enquanto rasgava papel atrás de papel pensava que o que vem da natureza à natureza deve ser devolvido...
Porque será que acumulo tanto papel? tanta revista? tanto jornal? será que Freud explicaria este fenómeno?

O Dom de Iludir de Caetano Veloso

video

A TODOS OS QUE POR AQUI PASSAREM, DESEJO FESTAS FELIZES